domingo, 25 de dezembro de 2011

Parlamentares Cristãos querem representantes religiosos no STF


Parlamentares Cristãos querem representantes religiosos no STF
Parlamentares Cristãos querem
representantes religiosos no STF

A Frente Parlamentar Evangélica apresentou nas últimas semanas uma Proposta de Emendar Constitucional (PEC) para incluir entidades religiosas nacionais no (STF) Supremo Tribunal Federal. O pedido foi feito com a justificativa de que o crescimento do número de evangélicos no cenário nacional não pode ser ignorado.
Para que isso aconteça será necessário incluir um inciso no artigo 103 da Constituição Federal. O 10º inciso irá incluir as entidades religiosas de âmbito nacional (concílios gerais, convenções nacionais e outros) na relação das instituições catalogadas no artigo e devidamente legitimadas a requerer junto ao STF.
O presidente da Frente, deputado federal João Campos explicou os seus motivos para apoiar tal medida: “O movimento evangélico cresce no país. O sentimento de liberdade cívica gerado com o advento da República, quando a Constituição, como norma fundamental, assume grande significado político, tornando-se, sobretudo, instrumento de garantia individual e de limitação do poder do Estado, passou a iluminar o sistema jurídico nacional. Neste contexto, é necessário reconhecer o mérito dos evangélicos brasileiros em auxiliar na consolidação de princípios no âmago da Constituição, e na contribuição com a liberdade de culto e religião”.
As entidades religiosas que podem ser inseridas são, por exemplo, as convenções da Assembleia de Deus como a Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB), a Conamad (Convenção Nacional das Assembleias de Deus no Brasil Ministério Madureira), a CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), o Supremo Concílio da igreja Presbiteriana do Brasil, a Convenção Batista Nacional e o Colégio Episcopal da igreja Metodista.
A necessidade de ter essas entidades representando os cristãos surgiu devido as frequentes causas que aparecem nas Cortes Superiores tratando de temas que são de interesse das igrejas, mas seus representantes não podem entrar nas arenas da Suprema Corte.
Com a PEC os religiosos poderiam opinar em questões complexas como  a legitimidade da união estável entre duplas homossexuais, que gerou debates acalorados na sociedade brasileira no último ano, bem como também garantir a constitucionalidade. Até o começou de dezembro a PEC nº 099/2011 já havia recebido 190 assinaturas.

Com informações CPADNews
Por Pb Entan G Lima

O Natal cristão e suas origens pagãs

O Natal cristão e suas origens pagãs
O Natal cristão e suas origens pagãs
O Natal é, sem dúvida, a festividade religiosa mais comemorada no Brasil. No entanto, grande parte das pessoas e dos próprios Cristãos e católicos desconhecem sua origem e história vinculada a festividades pagãs.
Documentações históricas do império romano nos contam que a festa já fazia parte da vida das populações sob o domínio romano no ano de 336 d.C. Porém, não no dia 25 de dezembro, mas no dia 7 de janeiro – data em que, para vários estudiosos, teria sido o batismo de Cristo.
Foi no século IV que o dia 25 de dezembro foi adotado para comemorar o nascimento de Jesus e o dia 6 de janeiro para a comemoração da visita dos reis magos.
Historiadores e pesquisadores defendem que a data foi escolhida para “cristianizar” a festa pagã que celebrava o solstício de inverno. O solstício acontece duas vezes por ano, uma por volta do dia 21 de junho no hemisfério sul e outra no dia 22 de dezembro no hemisfério norte.
Esse é um fenômeno astronômico que marca a data de início do inverno, simbolicamente associada à passagem de vida e morte, nascimento e renascimento, que os povos antigos festejavam e comemoravam.
Foi a partir da adoção do cristianismo como religião oficial em Roma (entre 315 e 317 d.C) pelo imperador Constantino que diversas festas pagãs e cultos aos deuses romanos, como Júpiter e outros, passaram a ser combatidos, abandonados e substituídos por efemérides relacionadas à vida de Jesus e outros santos da igreja católica.
Assim, é bem provável que o dia 25 de dezembro tenha sido adotado para que essa data substituísse a festa romana que comemorava o “nascimento do deus Sol invencível”. Esse deus, sabidamente, era um dos prediletos de Constantino e finalizava exatamente o solstício de inverno ou a Saturnália (festa em honra a Saturno, que acontecia entre 17 e 22 de dezembro).
A Saturnália era uma festa muito alegre, e quando havia inclusive troca de presentes. Também no dia 25 de dezembro era comemorado o nascimento do deus persa Mitra, ou o deus do bem, do sol e da virtude, crença datada de mais de XIV séculos a.C.
O fato é que, com o passar dos séculos, as práticas e festas pagãs, que é como são denominados os não cristãos, foram praticamente extintas das culturas em todo mundo devido à perseguição fosse ou a paulatina substituição.
De concreto, o nascimento de Jesus se deu aproximadamente dois anos antes da morte do rei Herodes. A Bíblia narra que Herodes mandou matar todos os meninos com até 2 anos de idade em Belém,  onde teria sido avistada a estrela, a fim de tentar se livrar do futuro rei dos Judeus.
Também na Bíblia, próximo ao nascimento de Jesus, houve o recenseamento decretado pelo imperador Otávio César Augusto, que pedia a todos os moradores do império que fossem até a sua cidade de nascimento. Dessa forma, José e Maria foram obrigados a sair de Nazaré, na Galiléia, que ficava distante cerca de 150 quilômetros de Belém, na Judéia, a fim de participar da contagem.
A dificuldade de documentos históricos e a própria datação dos evangelhos bem posteriores à passagem de Jesus geram inúmeras teorias e controvérsias.
Para nós é mais importante do que nos atermos a datas ou à possibilidade de Jesus ter nascido numa outra data, fazer como estudiosos e interessados na espiritualidade e na filosofia cristã, ou seja, nos atermos na parte moral da vida de Jesus, nos ensinamentos e nos exemplos que ele procurou nos deixar durante seu curto período de pregação e atividades junto à população.
Então, se temos o dia 25 de dezembro para refletirmos sobre Jesus, que usemos esse dia para nossa própria introspecção, para procurarmos avaliar se estamos sendo agentes de mudança, de melhora para nossa família, para as pessoas com as quais nos relacionamos no dia a dia, para com a construção de uma sociedade melhor, mais justa e mais humana.
Vamos então viver o dia do nascimento de Jesus como o dia que a maior estrela brilhou e veio ao nosso encontro para iluminar nosso caminho, nossa estrada, curando nossas chagas e mazelas, saciando nossa sede, eliminando nossa fome e acalmando nossas dores.
Vamos recordar o maior ensinamento, o reconhecimento de Deus, nosso criador. Ele nos torna irmãos em humanidade e por consequência dessa verdade, cria o amor incondicional a todos os seres do planeta.
Que no próximo dia 25, mais do que a ansiedade por presentes e valores materiais, estejamos ansiosos por angariar valores espirituais, paz de espírito e consciência de dever cumprido para com todos que estão próximos de nós.
E que Jesus nos abençoe, ilumine e nos proteja. Um feliz Natal com Jesus no coração.

Fonte: Adriano de Araújo (adriano@ribeiraopretoonline.com.br) Ribeirão Preto Online
Por Pb Elnatan G Lima. 

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Bancada Evangélica propõe participação de entidades religiosas nacionais no STF

Noticias Gospel Brasil - Bancada Evangélica propõe participação de entidades religiosas nacionais no STF WIDTH=Projeto foi bem aceito pela maioria dos parlamentares em Brasília.
A Frente Parlamentar Evangélica do Congresso Nacional apresentou, no final de 2011, a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) nº 099/2011, que acrescenta um inciso 10 ao artigo 103 da Constituição Federal, com o objetivo de incluir as entidades religiosas de âmbito nacional (concílios gerais, convenções nacionais e outros) na relação das instituições catalogadas no artigo e devidamente legitimadas a requerer junto ao Superior Tribunal Federal (STF). O deputado federal João Campos, presidente da Frente Parlamentar Evangélica do Congresso Nacional, justificou a petição por conta do vertiginoso crescimento dos evangélicos no cenário nacional.
"O movimento evangélico cresce no país. O sentimento de liberdade cívica gerado com o advento da República, quando a Constituição, como norma fundamental, assume grande significado político, tornando-se, sobretudo, instrumento de garantia individual e de limitação do poder do Estado, passou a iluminar o sistema jurídico nacional. Neste contexto, é necessário reconhecer o mérito dos evangélicos brasileiros em auxiliar na consolidação de princípios no âmago da Constituição, e na contribuição com a liberdade de culto e religião", salienta o parlamentar.Entre as entidades religiosas que servem como exemplo para serem inseridas estão a Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB), a Conamad (Convenção Nacional das Assembleias de Deus no Brasil Ministério Madureira), a CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), o Supremo Concílio da igreja Presbiteriana do Brasil, a Convenção Batista Nacional e o Colégio Episcopal da igreja Metodista.Como ultimamente tornaram-se mais frequentes as causas nas Cortes Superiores sobre pautas com temas de interesse das igrejas, e as mesmas são impedidas de agir nas arenas da Suprema Corte, os parlamentares evangélicos sentiram a necessidade de elaborar a PEC a fim de analisar questões complexas, como a legitimidade da união estável entre duplas homossexuais, que gerou debates acalorados na sociedade brasileira no último ano, bem como também garantir a constitucionalidade.O projeto foi bem aceito pela maioria dos parlamentares em Brasília, que logo se pronunciaram. Até o início de dezembro, a PEC já havia recebido 190 assinaturas confirmando o apoio ao conteúdo da proposta.


Fonte: CPAD News 

domingo, 11 de dezembro de 2011

Como está seu casamento?

Posted: 06 Dec 2011 06:20 PM PST
Como está seu casamento?
Como está seu casamento? Muitas vezes um casamento vai bem e acaba abalado por causa de um relacionamento inesperado com uma terceira pessoa. Começa de maneira inocente e agradável, torna-se cada vez mais envolvente. Por fim, traz complicações e desgraças para muita gente. Não foi um acidente ou “um grande amor que surgiu”. Foi um relacionamento do qual o casamento deveria ter sido protegido. Não seja ingênuo, pensando que isso só acontece com os outros. Muita gente boa já caiu exatamente por ser ingênua assim. Lembre-se de 1 Coríntios 10:12. Por isso, proteja seu casamento. Eis algumas dicas.
TENHA BOM SENSO COM SUAS COMPANHIAS. Evite gastar tempo desnecessário com alguém do sexo oposto. Muitos casos surgem por não se agir assim. Um executivo precisa de aulas particulares de inglês e contrata uma jovem professora. Contrate um homem. Não significa que cada contato com alguém do sexo oposto seja porta para adultério. Significa evitar oportunidades para cair. Companhia contínua cria intimidade. Intimidade com o sexo oposto traz problemas.
TOME CUIDADO COM CONFIDÊNCIAS. A pessoa mais íntima de alguém deve ser seu cônjuge. Segundo a Bíblia, são “uma só carne”, isto é, uma só pessoa. Se há aspectos de seu relacionamento que você não pode compartilhar com a(o) esposa(o) e compartilha com alguém do sexo oposto, a coisa está ruim. As pessoas tendem a se solidarizar com quem sofre, e a proximidade emocional se torna perigosa. Um homem que se queixa de sua esposa para outra mulher está traçando um caminho perigoso. Isso vale para quem faz e para quem ouve confidências.
EVITE MOMENTOS A SÓS. Decida não ter momentos privados com alguém do sexo oposto. Se um(a) colega de trabalho pedir para ter um almoço com você, convide uma terceira pessoa. Se necessário, não se constranja em compartilhar os limites que você e seu cônjuge concordaram ter no seu casamento. É melhor ser visto como rude que vir a cair em pecado.
VIGIE SEUS PENSAMENTOS. Cuidado com o que pensa. Se você só se detém nos defeitos de seu cônjuge, qualquer outro homem ou mulher parecerá melhor. Faça uma lista das coisas que inicialmente lhe atraíram em seu cônjuge. Aumente o positivo e diminua o negativo. Evite filmes, conversas, sites e literatura que apologizam o adultério. Lembre-se de Colossenses 3:2.
EVITE COMPARAÇÕES. Um homem trabalha com uma mulher perfumada, maquiada, bem vestida. Em casa encontra a esposa, com criança no colo, cabelo desfeito, banho por tomar. Uma mulher encontra um homem compreensivo com quem pode se abrir, e se sente mais à vontade com ele do que com o esposo. Ignoraram situações e contextos diferentes. Foram iludidos pelo irreal. Lembre-se do pródigo: o mundo lhe era fascinante, mas terminou num chiqueiro. As aparências iludem, porque o mundo em que vivemos em casa é o real. O mundo de relacionamentos fora de casa é sempre artificial.
EVITE A SÍNDROME DO RETORNO. É a ideia de que a vida sentimental e sexual caiu na rotina, e agora a pessoa “renasceu”. Já vi inúmeros casos assim: “Eu renasci”, ou: “Eu me senti jovem, de novo”. Não banque o adolescente. Você é um adulto com responsabilidades e com uma pessoa com quem partilha a vida. Construa sua vida com seu cônjuge. Se sua vida conjugal “fossilizou”, há outros caminhos. Revigore-a com seu cônjuge. Há pessoas que sempre se fossilizam e pulam de relacionamento em relacionamento, procurando o que não produzem. Temos o que produzimos.
PONHA SEU CORAÇÃO NO SEU LAR. A solidez do casamento vem pelo tempo que os cônjuges gastam juntos. Conversas, risos, passeios, programas comuns. Se você não sai com seu cônjuge, marque datas para os próximos meses. Vocês devem ter um ao outro como o melhor companheiro. Mantenham o clima de namoro: querer estar junto com a pessoa. Orem juntos. Dificilmente duas pessoas que oram juntas brigarão entre si. Sejam parceiros espirituais.
INVISTA EM SEU CÔNJUGE. O marido da mulher virtuosa é conhecido quando se levanta em público (Pv 31:23). A ideia é que ele está bem vestido e se vê o caráter dela pela roupa dele. Uma boa esposa é um bom tesouro (Pv 18:22). De bom tesouro, cuida-se, e evita-se perdê-lo. Marido: mulher bem tratada é um grande investimento. O retorno emocional é garantido. Mulher: marido bem tratado é um grande investimento. O retorno emocional é garantido.
BUSQUE AJUDA. Havendo problemas, busque ajuda. Primeiro em Deus. Lembre-se de Tiago 1:5. Busque orientação de pessoas mais experientes ou de seu pastor. Evite que o problema se avolume. Evite conselhos de gente que não tem o que dizer. Os amigos de Roboão lhe deram maus conselhos (1Rs 12:6-12). Nessa busca de ajuda, evite pôr mais lenha na fogueira. E evite também a raiz de amargura (Hb 12:15). Busque ajuda e não um juiz a seu favor.
CONCLUSÃO. Bons casamentos não acontecem por acaso. São produto de muito trabalho e da graça de Deus. Boa parte do trabalho é investimento emocional no relacionamento conjugal. “Vender a alma” para o cônjuge. Mas investir sem proteger é problemático. É preciso levantar cercas contra os problemas externos, porque os internos são mais vistos e os dois os vivenciam. Não permita brechas. Não dê armas ao inimigo.
Fonte: Blog da Família

PL 122: temendo reprovação, senadora pede reexame e adia votação

Posted: 08 Dec 2011 07:01 AM PST
Nesta quinta-feira, a senadora Marta Suplicy (PT-SP), em face do risco de perder a votação para aprovação do PLC 122 (que criminaliza a opinião contra a prática homossexual), pediu o reexame do projeto de lei da Câmara (PLC) nº 122/2006.
Relatora do projeto, Marta disse que vai tentar conseguir um acordo para retomar a tramitação da proposta. O presidente da Comissão de Direitos Humanos, Paulo Paim (PT-RS), disse que o reexame é previsto no Regimento do Senado.
O senador Magno Malta se posicionou diversas vezes contra a aprovação deste projeto de lei. Em seu discurso, o senador evidenciou que já existem leis competentes para punir a discriminação.
“Ninguém tem direito de ser intolerante com homossexual, como ninguém tem direito de ser intolerante com o católico, com o padre. Ninguém pode ir para avenida estampar uma faixa dizendo ‘se o papa engravidasse, aborto era sacramento’. Isso estava na passeata gay em São Paulo”, disse. “Não vivemos em um País homofóbico. Quem mata e agride homossexuais agride aposentados, quem mata homossexuais mata um portador de deficiência. O homem não pode requerer seus direitos criminalizando quem não concorda com ele. Esse projeto é criminalização de quem não concorda”, afirmou Malta.
A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado (CDH) iniciou a reunião às 9h desta quinta-feira para examinar o projeto, que inclui a homofobia na Lei 7.716/89. Esta já define os crimes resultantes de preconceito de raça ou cor e os crimes resultantes de discriminação ou preconceito de gênero.
A reunião foi conduzida pelo presidente da CDH, senador Paulo Paim (PT-RS), e ocorreu na sala 2 da Ala Nilo Coelho. Qualquer que seja o resultado, o projeto deverá ainda ser analisado pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) e, posteriormente, pelo Plenário do Senado.
* Com informações da Agência Senado

Bíblias foram distribuídas em balões na Coreia do Norte

Posted: 08 Dec 2011 04:59 AM PST
A International Christian Concern (ICC), uma organização ecumênica, distribuiu a cristãos da Coreia do Norte, mais de 10 mil cópias da Bíblia por meio de um balão.
A iniciativa da ICC de realizar atividades de ajuda e sensibilização às comunidades cristãs informou que a ideia de utilizarem balões para distribuir as bíblias foi devido a dificuldade que existe para entrar num dos países mais militarizados do mundo. “É um dos países mais fechados, onde as perseguições são terríveis”, disse a ICC.
Em um relatório divulgado pela entidade, a igreja da Coreia do Norte trava lutas constantes para difundir o evangelho. As bíblias que chegam no país são confiscadas pelo exército e comercializada no mercado negro e custam muito caro por existir poucos exemplares. A Coreia é comandada por militares e por isso, “atos de culto ou a simples posse de uma Bíblia podem ser punidos com a reclusão em campos de concentração”.
As bíblias que chegaram através de balões foram embaladas em pacotes com mil cópias e amarradas nele. Em seguida foram explodidos em intervalos de tempo pré-estabelecidos.
Na Coreia do Norte existem cerca de 440 mil fiéis cristãos, de acordo com estimativas atuais da organização que também distribuiu mais de 100 mil bíblias na China.
No site da ICC foi divulgado que no século atual inúmeros cristãos já foram assassinados por causa de sua fé mais do que qualquer outra época. O número pode chegar a 200 milhões de pessoas. “A igreja perseguida sofre com essa guerra, principalmente onde o evangelho foi estabelecido em regiões onde ele não existia ou quando é oprimido por outras religiões”, diz o site.
Fonte: The Christian Post

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

CNBB faz acordo com Marta Suplicy para aprovar PLC 122

7 de dezembro de 2011


 Julio Severo

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) fez um acordo para apoiar a aprovação do PLC 122, que será votado nesta quinta-feira, 8 de dezembro, na Comissão de Direitos Humanos do Senado. O acordo, que foi feito com Marta Suplicy do PT, envolveu uma concessão que a relatora do PLC 122 já havia proposto, sem sucesso, para a bancada evangélica, conforme está registrado em entrevista dela contida neste vídeo: http://youtu.be/jIOOE0n2V5g



Com o acordo, padres e pastores poderiam continuar pregando em missas e cultos contra a homossexualidade, mas apenas dentro de seus templos. Fora dos templos, as punições, inclusive com 5 anos de cadeia, continuariam válidas para pregações e opiniões contra o homossexualismo em programas de rádio, TV, escola, sites, blogs, jornais, revistas, etc.
Segundo o gabinete da Senadora Marta Suplicy, a CNBB não fará nenhuma oposição a uma lei que puna crimes homofóbicos e discriminação por orientação sexual. O que a CNBB dizia temer era o PLC 122 punindo discursos religiosos que classificam a homossexualidade como pecado. Mas agora, com a liberdade que Marta garantiu de padres e pastores poderem falar contra a homossexualidade apenas dentro dos templos, a CNBB aparentemente ficou satisfeita. O acordo incluiu o seguinte parágrafo ao texto substitutivo do PLC 122:
“Art. 3º O disposto nesta Lei não se aplica à manifestação pacífica de pensamento decorrente da fé e da moral fundada na liberdade de consciência, de crença e de religião de que trata o inciso VI do art. 5º da Constituição Federal.”
Suplicy acredita que não vá conseguir o voto dos parlamentares evangélicos na votação de quinta-feira, mas ela está confiante no apoio e mobilização da CNBB, pois são necessários apenas 10 votos favoráveis dos 19 membros da Comissão de Direitos Humanos.
Além do acordo com a CNBB, a senadora petista também conta com a ajuda da Rede Globo, que está lançando uma campanha em massa de combate à “homofobia”. A campanha tem o apoio da ONU e do governo petista de Dilma Rousseff.
Ela declara que se a aprovação se tornar realidade na quinta-feira, será possível fazer mais “aprimoramentos” e “avanços” no PLC 122 mais tarde. Ela disse: “Se conseguirmos aprovar, damos um passo avante. Daí encaminhamos para Câmara dos Deputados, onde poderão aprimorar ou propor um novo projeto com mais avanços”.
Jean Wyllys, juntamente com a Frente Parlamentar pela Cidadania LGBT, espera posteriormente derrubar a pequena concessão feita à CNBB, para que o PLC 122 não contenha nenhuma “brecha” para os que se opõem ao avanço da agenda gay.

O que você pode fazer:

Ligue gratuitamente para o Senado e peça para os senadores do seu Estado e todos os outros para não votar no PLC 122/2006. Ligue para 0800-612211.
Para mandar emails aos senadores, veja a lista completa dos emails deles aqui:www.senado.gov.br/senadores
Divulgue este alerta a todos os seus contatos!
Com informações do MixBrasil e G1


terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Dia da Bíblia acontece no próximo domingo e SBB comemora


No próximo domingo (11) será comemorado o Dia da Bíblia no Brasil. E a Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) prepara uma comemoração especial no Museu da Bíblia (MuBi), entre às 9h e 12h, em Barueri, na Grande São Paulo. No evento, serão desenvolvidas atividades variadas para 400 crianças, além de um momento de celebração focado na história das traduções para o público adulto.
Sempre celebrado no segundo domingo de dezembro, neste ano o Dia da Bíblia tem como tema “A Bíblia para o Jovem”, baseado no trecho bíblico de Provérbios 3.6: “Lembre de Deus em tudo o que fizer, e ele lhe mostrará o caminho certo”. A iniciativa tem o objetivo de conectar a juventude com a Palavra de Deus e enfatizar a importância dos princípios bíblicos para a vida”, explica Erní Seibert, secretário de Comunicação e Ação Social da entidade.
Como estímulo, a SBB desenvolveu uma série de ferramentas para ajudar igrejas, congregações e ministérios a colocar a Bíblia no dia a dia dos jovens brasileiros.Entre os itens disponibilizados estão: cartazes, material para evangelização de jovens, cofrinho para crianças, envelopes para arrecadação de ofertas pela distribuição da Bíblia, modelo para confecção de camisetas do Dia da Bíblia e Planos de Leitura da Bíblia, além de um para a leitura da Bíblia completa em um ano. Este material pode ser solicitado através do hotsite www.sbb.org.br/diadabiblia, onde também estão reunidas informações detalhadas sobre como usar essas ferramenta e ideias para marcar o Dia da Bíblia 2011.
O Dia da Bíblia – Criado em 1549, na Grã-Bretanha, pelo Bispo Cranmer, o Dia da Bíblia começou a ser celebrado no Brasil em 1850, quando chegaram da Europa e EUA os primeiros missionários evangélicos. Porém, a primeira manifestação pública aconteceu quando foi fundada a Sociedade Bíblica do Brasil (SBB), em 1948. Graças ao trabalho de divulgação das Escrituras Sagradas, desempenhado pela SBB, as comemorações se intensificaram e diversificaram, passando a incluir a realização de cultos, carreatas, shows, maratonas de leitura bíblica, exposições bíblicas, construção de monumentos à Bíblia e ampla distribuição de Escrituras.
A SBB – A Sociedade Bíblica do Brasil, fundada em 1948, é uma organização sem fins lucrativos, de natureza filantrópica, assistencial, educativa e cultural. Sua finalidade é traduzir, produzir e distribuir a Bíblia Sagrada, um verdadeiro manual para a vida, que promove o desenvolvimento espiritual, cultural e social do ser humano, provocando a transformação daquele que com ela entra em contato.

Será votado essa semana projeto de Lei que criminaliza a homofobia

Posted: 04 Dec 2011 07:58 AM PST
Igrejas rumam à Brasília para defender ideais da família
Depois de muito debate sobre o PLC 122, lei que criminaliza a homofobia e ataca diretamente a igreja. A senadora Marta Suplicy (PT-SP) confirmou que o projeto deverá ser votado na próxima semana, na quinta-feira (8), a partir das 9h, na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH).
O anúncio da senadora, no Plenário, está mobilizando evangélicos de todo o Brasil. Entre os pastores que estarão em Brasília no dia 8, o pastor presidente da Assembleia de Deus em Madureira, Rio de Janeiro, pastor Abner Ferreira, o deputado, Pastor Marco Feliciano, do Ministério Tempo de Avivamento, o pastor Silas Malafaia, da Associação Vitória em Cristo, a “Psicóloga Cristã”, Marisa Lobo e deputados da Frente Evangélica.
O senador Magno Malta (PR-ES) convocou os senadores da Frente Parlamentar em Defesa da Família, contrária ao projeto, para “sepultá-lo de vez” na CDH. “Alexandre teve a vida ceifada pela homofobia, preconceito e ódio. Foi barbaramente torturado e morto”, comentou Marta Sublicy, lembrando o aniversário de nascimento, nesta quarta-feira (30) do jovem Alexandre Ivo, assassinado aos 14 anos. Ele foi torturado e morto, supostamente por ser homossexual. A exemplo da “Lei Maria da Penha” o PLC 122, será batizado de “Lei Alexandre Ivo”.
Na última terça-feira (29) os parlamentares se reuniram para debater o Projeto de Lei. A audiência pública na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado. Apesar de terem sidos convocados os defensores do Projeto, Marta Suplicy, autora do substitutivo, não compareceu a sessão mesmo estando no Senado, assim como nenhum ativista gay ou seus defensores compareceram. “Pasmem! Nenhum deles esteve presente. Correram do debate”, comentou Malafaia.
Para o pastor, Dr. Rubens Teixeira, da Assembleia de Deus, “A lei já contempla que não haja discriminação contra qualquer pessoa. A legislação penal já inclui qualificadoras para os que cometerem crimes contra quem quer que seja que apresente vulnerabilidade ou por motivo torpe”, disse.
“Sou contra o preconceito a homossexuais, como sou contra a qualquer outro tipo de preconceito. Se tem que haver uma lei antipreconceito, deve contemplar todas as formas desse mal. Do contrário, será mais uma distorção que se criará no nosso ordenamento jurídico. O Congresso Nacional tem dado mostras de sobriedade no debate sobre esses temas. Eu acredito que dessa vez não será diferente”, comentou o pastor Rubens ao ser questionado sobre o tema.
O Pastor Silas Malafaia alertou o povo cristão que entre em contato com seus Senadores e peça pra eles se posicionarem contra o PLC 122. “É importantíssimo enviar e-mails para os senadores que fazem parte da Comissão de Direitos Humanos”, alerta Malafaia.
Contatos:
ana.rita@senadora.gov.br;
martasuplicy@senadora.gov.br;
paulopaim@senador.gov.br;
wellington.dias@senador.gov.br
cristovam@senador.gov.br;
crivella@senador.gov.br;
marinorbrito@senadora.gov.br;
simon@senador.gov.br;
eduardo.amorim@senador.gov.br
garibaldi@senador.gov.br;
sergiopetecao@senador.gov.br;
paulodavim@senador.gov.br;
clovis.fecury@senador.gov.br
mozarildo@senador.gov.br;
gim.argello@senador.gov.br;
magnomalta@senador.gov.b
Informações : GospelPrime

domingo, 4 de dezembro de 2011

A atriz da Globo interpretará Marina Silva nos cinemas

Posted: 22 Nov 2011 04:00 PM PST
A atriz Lucy Ramos da Globo vai interpretar Marina Silva nos cinemas
A atriz Lucy Ramoos, viverá a ex-senadora Marina Silva na tela grande, em um longa-metragem que contará toda a trajetória da ativista ambiental evangélica, desde a sua infância pobre em Rio Branco (AC) até sua ascenção ao Ministério do Meio Ambiente e ao Senado Federal.
A editora Mundo Cristão fechou contrato com a Cineluz Produções, da cineasta Sandra Werneck, cedendo os direitos de adaptação da biografia de Marina em filme.
A atriz falou à revista Caras sobre seu novo trabalho, a complexidade do papel no filme que já está sendo nomeado Marina e o Tempo.
“Representar a Marina Silva não é nada fácil, pois eu quero que as pessoas vejam a Marina e não a Lucy fazendo a Marina. Não é uma ficção que você pode criar, é uma personagem viva e tem que estudar muito”.
Lucy conta que já está se preparando para entrar na personagem: “assim que eu fiquei sabendo que eu ia fazer o filme já li o livro dela, o roteiro e sempre presto atenção em tudo que sai sobre ela”, revelou a atriz, que passará um semestre se dedicando ao cinema após as intensas gravações da novela.
De acordo com a atriz, o trabalho em uma novela é muito intenso, com gravações diárias e ela precisava de um descanso.
“Agora em janeiro, assim que passar o ano novo, eu vou começar a entrar neste projeto de cabeça mesmo”, acrescentou.
Recentemente a atriz teve seu trabalho reconhecido devido à sua atuação como Maria Cesária na novela Cordel Encantado, na TV Globo, recebendo o prêmio de melhor atriz no Troféu Raça Negra 2011, a segunda premiação a qual foi indicada em toda sua carreira.
A atriz se mostrou bastante satisfeita com a premiação. “Estou muito feliz! O troféu é um reconhecimento do meu trabalhão e fiquei muito feliz com a aceitação do meu personagem. A gente trabalha e se esforça tanto e é bom quando as pessoas reconhecem”.
Ela ainda comentou a importância do reconhecimento para a comunidade negra. “Senti que eu estava representando pessoas ali naquele personagem. Muitos negros chegavam para mim e me diziam: ‘Você sabia quem você está representando? A sua importância? ’. Isso é muito legal. Eles se viram em mim e viram que é possível, que eles podem”.
Trajetória de superação
Com quase 30 anos de vida pública, Marina Silva ganhou reconhecimento no Brasil e no exterior em sua atuação para a valorização dos recursos naturais e do desenvolvimento sustentável.
Cumpriu mandatos de vereadora, deputada estadual e senadora, além de ministra do Meio Ambiente, entre janeiro de 2003 e maio de 2008.
Filha de seringueiro no Acre, Marina teve uma infância pobre e viveu a maior parte dela em uma palafita em um seringal em Rio Branco. Seus pais tiveram 11 filhos, dos quais oito sobreviveram. Sua mãe veio a falecer vítima de inúmeras doenças decorrentes da falta de infra-estrutura do local onde viviam.
Marina foi viver na capital para se tratar das doenças como malária, contaminação por mercúrio e leishmaniose, sendo acolhida por um bispo na casa das irmãs Servas de Maria.
A ex-senadora trabalhou como empregada doméstica para se sustentar aos 16 anos e estudava à noite para se alfabetizar no Mobral. Posteriormente se formou em História e cursou pós-graduação em Psicopedagogia.
Marina foi educada no catolicismo e chegou a pensar em se tornar freira, mas se converteu ao Evangelho e hoje frequenta a igreja Assembléia de Deus.
Marina foi também vereadora e deputada estadual obtendo a maior votação nas respectivas eleições. Novamente, no Senado alcançou maior votação, sendo a pessoa mais jovem a ocupar o cargo de senadora no Brasil.
Como ministra do Meio Ambiente no governo Lula, Marina se destacou ao defender, entre outras coisas, a importância de o Governo Federal assumir uma postura em relação a redução das emissões de gases de efeito estufa.
No ministério enfrentou constantes conflitos com outros ministros do governo, por se opor aos interesses econômicos se contrapunham aos objetivos de preservação ambiental.
Em maio de 2008 entregou sua carta de demissão ao Presidente Lula, alegando falta de sustentação à política ambiental, e voltou ao exercício do seu mandato no Senado Federal.
Em 2010 lançou oficialmente sua candidatura à Presidência da República, que supreendeu recebendo mais de 20 milhões de votos.
Informações: Christian Post

A igreja do anticristo já esta atuando no Brasil

Posted: 23 Nov 2011 10:02 AM PST
Crescendo em Graça ( Igreja do anticristo) tatua 666 em fiéis e está em 11 capitais
A igreja do anticristo já esta no Brasil
Um alerta a Igreja Brasileira. Já está funcionando em onze estados do Brasil o Ministério Crescendo em Graça, mas antes que o leitor pense que se trata de uma Comunidade Evangélica um alerta. Trata-se de uma comunidade criada pelo porto-riquenho José Luis de Jésus Miranda ( Foto ao lado) que prega falsas doutrinas e tem como número 666 como algo positivo e em muito dos casos tatuando isto no corpo de seus fiéis.
Desconhecido de muitos brasileiros, a atuação da comunidade muito forte no exterior que propaga falsas doutrinas ganhou destaque nesta terça-feira, dia 22, durante o programa A Liga, na Rede Bandeirantes. No jornalístico foi mostrado os bastidores do Ministério fundado pelo ex-pastor pentecostal José Luis de Jesús Miranda, no início dos anos 80 em Miami, Florida, onde tem seu centro principal de operações.
Em alguns momentos com uma celebração muito semelhante a de uma igreja evangélica, a tal seita recusa todos os escritos que não sejam os de Paulo, porque são os únicos que contêm a verdadeira mensagem do Evangelho. Também proclamam que a existência de Satanás é um mito e não aceitam o sacramento do batismo e da Ceia. Seu líder que se intitula Jesus Cristo dos Homens tem ódio dos católicos, por conta de suas provocações  José Luís de Jesús Miranda foi proibido de entrar em El Salvador, Honduras e Guatemala.
Com unidades na Bahia, Ceará,Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Pará, Paraná, Rio de Janeiro, Roraima, São Paulo e Sergipe o grupo pretende ampliar atuação no restante do país. Um perigo a todos que crêem no evangelho puro e verdadeiro.
Informações Portal Creio

Governo do Irã declara guerra aos Cristãos !

Posted: 29 Nov 2011 12:57 PM PST
Governo iraniano`declara a guerra´ aos cristãos
As autoridades iranianas confiscam milhares de Bíblias, destróen uma igreja, e fecham webs como parte de uma ofensiva oficial contra o cristianismo
A agência cristã iraniana “Mohabat News” menciona como fonte a Majid Abhari , um acessor do comitê de assuntos sociais do Parlamento de Irã, que refere que nos últimos dias nas cidades de Zanjan e Abhar, Estado de Zanjan, foram confiscadas umas 6.500 Bíblias .
Segundo a agência de notícias do governo Mehr, a ação foi necessária já que “os missionários cristãos tem uma campanhia milhonária com publicidade enganosa para que a opinião pública e a juventude (de Irã) se apartem do islam“ .
Por sua parte o ayatolá Hadi Jahangosha expressou também sua preocupação pela ” expansão do cristianismo entre os jovens”, citando a disponibilidade de programas cristãos de televisão por satélite, livros e outros objetos . “É responsabilidade de todos em Irã que façam seu este assunto e cumplam seu papel na difusão do Islam puro, lutando contra as culturas falsas e distorcionadas”.
Abhari disse que as Bíblias confiscadas “havian sido feitas com a melhor qualidade de papel, em tamanho de livro de bolso.” E acrescentou que “o importante neste assunto a ser considerado pelas polícias, pelos juizes e líderes religiosos é que todas as religiões estão fortalecendo seu poder para enfrentar-se ao Islam, porque se não ,que sentido tem este grande número de bíblias?”
 TEMPLO DESTRUIDO
A retirada das Bíblias se produz em meio a uma crescente pressão sobre as igrejas cristãs, como ocorreu recentemente na cidade sudeste de Kerman, onde as autoridades locais destruiram uma das principais igrejas da cidade , acrescentou Mohabat News, um meio de comunicação produzido por ativistas dos direitos humanos e dos cristãos iranianos.
Existe a preocupação de que os edifícios das igrejas cristãs em outras cidades também possam ser atacados e destruídos.
Quanto a postura do Governo iraniano, em nada trata nem atua diante da destruição do templo em Kerman, mas deixaram claro que querem “defender” os valores islâmicos de Irã.
Os lideres das Igrejas cristãs iranianas denunciam que o governo do presidente Mahmoud Ahmadinejad está preocupado pelos muitos muçulmanos que se estam convertendo ao cristianismo em um pais onde já tem ao menos 100.000 cristãos, em comparação com somente aproximadamente 500 crentes conhecidos em 1979 , segundo estimações dos próprios representantes dos grupos cristãos.
A princípios de novembro de 2010 agentes da polícia e guardas revolucionários iranianos tomaram 300 Bíblias de um ônibus depois de sua inspeção e logo as queimaram no bairro de Darishk, relataram os cristãos da região.
 ATAQUES A WEBS CRISTÃS
Por outro lado deram a conhecer que o regime do Irã está atacando as webs em língua persa que se opõem a fé islâmica chiíta. Entre as webs mais afetadas pelos ataques se destaca a mesma agência Mohabat News , que serve aos cristãos de Irã e dos países vizinhos. O ataque mais recente ocorreu recentemente em 19 de agosto de 2011, os atacantes islamistas iranianos sobrecarregaram o servidor dessa agência de notícias, durante três dias. Este ataque não é algo novo pois já em fevereiro se generou uma situação similar.
Não é nada feito em segredo. O Ministério da Segurança da República Islámica de Irã tem se vangloriou por ter éxito em eliminar uma rede de Internet, que segundo as autoridades havían “Feito propaganda anti-religiosa no ciberespaço”, referindo-se concretamente as webs cristãs, ainda que em Irã, “anti-religioso” pode significar qualquer coisa, desde ateu até muçulmano no chiíta”.
O Ministério informou ainda que foram detidas várias pessoas por sua suposta implicação nesta rede anti-religiosa; e que o Governo estabeleceu um comitê especial para regular o acesso à Internet e controlar aos usuarios.
Informações: www.protestantedigital.com
Pr Silas Malafaia diz que Marta Suplicy e ativistas gays correram do debate
Posted: 30 Nov 2011 09:28 AM PST
Aconteceu nessa última terça-feira (29) a audiência pública na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado a fim de debater o projeto de lei da Câmara que estabelece punições para quem discriminar homossexuais. Contrários e favoráveis ao PL 122 foram convocados para um diálogo aberto. Pastor Silas Malafaia esteve presente, juntamente com o presidente da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa, senador Paulo Paim, e o presidente da Frente Nacional Cristã de Ação Social e Política, Wilton Costa, todos posicionados contra o projeto.
A senadora Marta Suplicy, autora do substitutivo, não compareceu a sessão mesmo estando no Senado, assim como nenhum ativista gay ou seus defensores compareceram. “Pasmem! Nenhum deles esteve presente. Correram do debate”, comentou Malafaia, que por várias vezes desafiou a senadora a comparecer. E ainda denunciou a intolerância e a perseguição que vem sofrendo dos ativistas gays. Para o pastor, essa “ausência” comprova que representantes do movimento gay não desejam a troca de opiniões e sim a imposição de suas ideias à sociedade. Na mesma sessão, os senadores Magno Malta (PR/ES) e Marcelo Crivella (PRB/RJ) também se posicionaram contra o PL122.
Nesse momento decisivo, pastor Silas Malafaia convoca a todos para que participem, declarando-se contrários à lei que não solicita apenas respeito à escolha de opção sexual, mas impõe uma mordaça em todos que discordam dela. Na próxima quarta-feira será o dia de votação do PL 122. “É importantíssimo enviar e-mails para os senadores que fazem parte da Comissão de Direitos Humanos”, alerta Malafaia.

Contatos:
ana.rita@senadora.gov.br;
martasuplicy@senadora.gov.br;
paulopaim@senador.gov.br;
wellington.dias@senador.gov.br
cristovam@senador.gov.br;
crivella@senador.gov.br;
simon@senador.gov.br;
eduardo.amorim@senador.gov.br
garibaldi@senador.gov.br;
sergiopetecao@senador.gov.br;
paulodavim@senador.gov.br;
clovis.fecury@senador.gov.br
mozarildo@senador.gov.br;
gim.argello@senador.gov.br;
magnomalta@senador.gov.br;
marinorbrito@senadora.gov.br


 

Campanha contra o PL122


Posted: 01 Dec 2011 09:06 AM PST
IMPORTANTÍSSIMO!
PASTOR SILAS MALAFAIA ALERTA:
Na próxima quinta-feira (08) será realizada votação na Comissão de Direitos  Humanos do Senado sobre o Projeto de Lei 122.
Pastor Malafaia pede para que todos que são a favor da família, da liberdade religiosa e de expressão, enviem emails para os senadores que fazem parte dessa Comissão.
Segue a lista com contato de cada senador. E ainda os dois vídeos: (1) Explicação sobre o que é o PL122 e (2) pronunciamento do Pastor Silas Malafaia na Comissão de Direitos Humanos, quando ativistas gays foram convidados para um debate, mas não compareceram.
Lista dos emails dos senadores:
ana.rita@senadora.gov.br;
martasuplicy@senadora.gov.br;
paulopaim@senador.gov.br;
wellington.dias@senador.gov.br
cristovam@senador.gov.br;
crivella@senador.gov.br;
simon@senador.gov.br;
eduardo.amorim@senador.gov.br
garibaldi@senador.gov.br;
sergiopetecao@senador.gov.br;
paulodavim@senador.gov.br;
clovis.fecury@senador.gov.br
mozarildo@senador.gov.br;
gim.argello@senador.gov.br;
magnomalta@senador.gov.br;
marinorbrito@senadora.gov.br
Video do Pr. Silas Malafaia sobre o PL122:

Video do Pr. Silas Malafaia na Comissão de Direitos Humanos:
Radio Web CPAD